quarta-feira, 25 de maio de 2011

FALAR DE SEXO É FÁCIL,. DIFICIL É FAZER

Vou falar de sexo nessa postagem. Mas só amanhã porque hoje ainda estou presa nos meus traumas infantis, nos bloqueios por conta dos abusos sexuais da infância, nos tabus que minha avó e minha mãe me ensinaram a seguir, nos padrões de comportamento que adotei para poder parecer ser uma mulher bem comportada...enfim, ainda estou bloqueada para este assunto tão íntimo.

Mas amanhã eu falo. Pelo menos falar eu tenho que conseguir, apesar de todos os bloqueios.....porque o mais difícil hoje em dia está sendo fazer. Fazer não, praticar. Praticar não, entrar no clima. É isso. Entrar no clima do sexo. Clima ou clímax? Acho que é o pós climatério. Ou o excesso de trabalho. Ou a falta de homens interessados em mulheres mais velhas, estressadas e muito envolvidas com outras atividades que não eles. Sei lá.

Mas como hoje ainda estou dentro dos meus traumas e bloqueios, não devo falar muito pra não forçar a barra e ficar deprê.

EU NASCI EM 1º DE MAIO

E daí, qual a vantagem ou o problema de nascer em primeiro de maio? Vamos ver um pouco do que se comemora nesta data?
  1. mundialmente conhecido como o dia do trabalho. Não dei trabalho pra nascer, mas trabalho desde que nasci.
  2. conta a lenda que foi neste dia que o fogo foi inaugurado no planeta terra. foi o dia do nascimento da luz...e por coincidência meu pai me deu o nome de vera lucia (luz verdadeira, verdade na luz, verdadeira luz, e por aí vai)...
  3. é o dia seguinte a trinta de abril...(dia das bruxas no hemisfério sul), último dia da colheita no hemisfério norte.
  4. Nos primórdios brasileiros, o dia de todos os santos era em 1º de maio, aí foi transferido para 1º de novembro para não ser confundido como dia das bruxas..,que era 1º de maio, por causa do ítem 5 aí embaixo
  5. comemoração de Beltane para os povos pagãos (beltane significa o fogo sagrado)
Beltane é um festival da fertilidade, simbolizando a união entre as energias masculina e feminina, a fertlidade da Terra e os fogos do Deus Celta Bellenos, e toda sua energia e luz
.
É difícil ser Vera Eleone também por isso. Sou cheia da energia do fogo, trabalho como uma louca de forma calorosa, tenho um nome que me obriga o tempo todo a ser verdadeira e a espaçhar luz...
Meus amigos magos e sábios sempre me dizem que nosso nome é um encantamento que nos é lançado quando nascemos. No meu caso além de se um encantamento, também é uma sina, uma espécia de missão, sei lá o que...foram necessários mais de cinquenta dos meus anos de vida para eu ter esse entendimento sobre mim mesma.
A chegada do fogo ao nosso planeta modificou completamente o destino da humanidade. Com o fogo veio o progresso, com o progresso a involução humana.
Hoje eu acredito que faz parte do meu destino, como ser eterno, dar uma mãozinha no regresso da humanidade à essa etapa primitiva ou primária - que é mais bonito que primitiva - entendendo como deva ser a ligação humana com o fogo e com a luz, e com as mudanças, e com o progresso, e com a involução.
Involução - essa é a parte que não gosto de saber que estou dentro. Nós estamos involuindo como seres cósmicos e evoluindo como seres planetários. E isso é péssimo, pois se este planeta deixar de existir, como faremos para estar em outro, se formos somente planetários?
É muita doideira pra minha cabeça...mas venho tentando entender não só as mensagens sobre o meu encantamento-nome próprio como o de outras pessoas.
1º de maio é o dia do trabalho. E dá mesmo muito trabalho ser Vera Eleone.

Para comemorar meu aniversário, vou colocar uma linda foto de uma linda festa:

domingo, 15 de maio de 2011

IMAGEM DO HOMEM FELIZ

Como é o homem feliz? Certamente não é exaltado, nem um otimista insensato, nem um tolo conformista.

O homem feliz é aquele que se sente homem, isto é, vive em sua plenitude sua dignidade humana, sem orgulho nem humildade. Não é um rato, uma besta nem uma anta. É um Ser Humano. O homem feliz é aquele que acredita em si mesmo e em tudo o que faz, que não se compara com os demais pois está dentro de suas aptidões, créditos e resistências pessoais.

O homem feliz é aquele que todo dia renova sua tarefa com a serenidade eficiente, com a serenidade de quem não teme a vida nem a morte, pois se sente seguindo no nível que lhe corresponde e onde se mantém não pelo favor dos outros, muito menos às custas dos outros, mas sim pelo desenvolvimento diário, perseverante do seu plano de vida concientemente elaborado.

O homem feliz é o que desenvolveu um caracter flexível e sem dúvida inquebrantável como o aço.

O homem feliz é aquele que sabe também com seu exemplo: paz, confiança, bem estar ao redor de si sem exageros místicos.

O homem feliz é o que soube seguir a série de paixões ascendentes, que o levaram a “merecer” seu bem estar e que podemos resumir assim: “Estudou para Saber. Soube para Fazer. Fez para Valer. Valeu para Servir. Serviu para Merecer...Viver Feliz (E.MLopez).

E, portanto quem te FE NA RAZÃO e RAZÃO NA FÉ.


Se um homem feliz é isso (mesmo que estejamos falando ambivalentemente), uma mulher feliz é dez vezes isso (mesmo que eu esteja sendo sectarista).

ENSAIANDO ATÉ VIVER A FELICIDADE


Essa foi minha dissertação. Difícil de escolher, de desenvolver, de aceitar, e principalmente de ser aceita. Muita técnica mas com consequencia emocional. É um saco ter que ensaiar, ensaiar, ensaiar, até poder viver a felicidade. Tem gente que ensaia a vida toda e nunca vive. Tem gente que pensa que vive, mas tá só ensaiando.

A monografia começa assim:

I . A PAIXÃO

Existem ainda nos dias de hoje duas teses irreconciliáveis acerca da paixão:

  • Aquela que considera a paixão como um produto da alma (que é considerada inferior), ou seja, como uma manifestação do “fundo animal e demoníaco” do homem, e que deverá, a todo custo e em todos os momentos ser dominada pela razão ou até mesmo ser destruída pela vontade.

  • E aquela outra que diz que a paixão representa a principal fonte criadora da vida espiritual, o motor fundamental de nossos atos, elemento sem o qual o homem jamais alcançaria os cumes da imortalidade, e que por conseguinte, é colocada em primeiro plano e tem o valor mais destacado da vida espiritual.

Será simplista a pretensioso querer classificar as paixões em boas ou más, positivas ou negativas. Será o mesmo que classificar as enfermidades em boas ou más. Também não adianta tentar achar que uma paixão amorosa é de categoria moral mais alta que uma paixão colérica. Um exemplo disso é que não podemos criar uma diferença entre um crime passional movido por amor ou ciúmes, daquele cometido pela inveja, avareza, gula, etc. Se admitimos que o estado passional da cólera ou do medo é uma atitude atenuante ou absolvente (por exemplo, defesa da honra, legítima defesa), porque então não podemos considerar que um delito resultante de um desejo proibido possa ser irreprimível?

Porquê Tanto Medo da Paixão?

  • Quando estamos sob efeito de qualquer tipo de paixão, não conseguimos de jeito nenhum suportar o estado de “impotência” em que ficamos, assim como a total inutilidade das nossas tentativas de sair deste estado. Vivemos pensamentos do tipo: “não sou dono dos meus atos, perdi minha vontade própria, faço coisas que não quero, não me reconheço mais, estou como que paralisado”, etc... E por mais que tentemos não conseguimos mudar nem os pensamentos nem o que estamos sentindo.

  • A tensão e o sofrimento que o estado de paixão nos coloca, a angústia que o nosso Eu vivencía enquanto não realiza os atos, que podem tanto ser negativos como positivos, impostos por aquele momento de paixão é enorme (por exemplo: “tenho que falar com fulano agora, enquanto não fizer isso/aquilo não sossego, só vou conseguir dormir quando..., etc.).

Porém é fundamental que entendamos que a partir do momento em que realizamos o chamado “gozo passional”, ou melhor quando conseguimos fazer aquilo que achávamos só ser possível se..., nada mais estamos do que experimentando a passageira vivência da alegria de nos libertarmos do sofrimento passional, ou melhor, estamos experimentando a satisfação obtida pela libertação da dolorosa acumulação e retenção da “carga passional”, muito embora nosso espírito tenha a possibilidade de sentir outros gozos mais positivos e mais nobres do que este.

Mas o principal e o que na maioria das vezes acontece é que, se estamos simplesmente experimentando o alívio pela libertação da carga passional, não estamos sentindo a felicidade verdadeira por “conseguir falar com ele agora” ou “conseguir dormir depois de” e etc.). E aí, haja saúde física para suportar tantas alterações neuro fisiológicas e hormonais.

Levando-se em consideração que a paixão é, antes de tudo, passividade e sofrimento (basta lembrarmos da paixão de cristo) compreendemos então que estão mais propensas a ela, de modo especial, aquelas pessoas na qual predomina a sensibilidade sobre a ação, a atitude de introversão sobre a extroversão. Ou seja, os espíritos tímidos, contemplativos, concentrados e ensimesmados são os mais passionais. Da mesma forma que os impetuosos homens de ação, audazes e decididos são os apassionais, ou seja privados da paixão. Já dizia Kant e tinha nisto muita razão quando colocava o impulso contra a paixão pois considerava “o impulso como uma torrente que rompe o dique que está contido”, enquanto “a paixão como um charco que cava sua própria tumba, infiltrando-se paulatinamente no solo”.

A lenta imobilização do potencial psíquico nos estados da paixão leva às vezes à detenção da vida psíquica (sendo por estancamento ou por êxtase) com uma conseqüente perda da noção do tempo (que é inseparável da noção do movimento no espaço, isto é, da noção da ação). Por exemplo, alguém que só pensa em uma determinada vingança, ou em um determinado inimigo: estado de estancamento psíquico; outro que só pensa no que vai dizer ao namorado, em como poderá agradar o ente amado: estado de êxtase psíquico. Estes serem ficam o total do tempo necessário nestes estados, estando assim sua noção de tempo/espaço, em relação às suas outras atividades, prejudicada até que seja realizado o “gozo passional” e conseguida a liberdade psíquica.

Depois disso tudo aí em cima, onde você se coloca? Passional, apaixonado, fugindo da paixão, fingindo que ela não existe,perseguindo cada uma que passa pela sua vida? E o pior de tudo é que depois que você se posicionar eu vou te lembrar que teu único objetivo o tempo todo era o "gozo passional". Perda de tempo? Pode ser, mas com um sabor inigualável.

ALERGIAS

Uma alergia pode aparecer por vários motivos: quando limpa a sua casa, passa por locais com pó ou poeiras em movimento, locais em obras, ou por cção de pólen libertados pelas plantas em certas alturas do ano.

A alergia é a reacção do organismo que libertam histamina no corpo, o que causa por exemplo espirros, e alergias várias. Existem pessoas mais sensíveis do que outras a poeiras, ácaros, mofo ou pólen que flutuem no ar. Isso significa que osistema imunitário é mais, ou menos sensível na reacção a estes invasores flutuantes.

As alergias são reações anormais a substâncias que encontramos no dia-a-dia. São causadas pela reação excessiva do sistema imunitário á histamina, uma substância química que o corpo liberta na lutar contra invasores microbianos. Muitas vezes os invasores não são vírus ou bactérias malignos, mas substâncias relativamente inofensivas como pólen, poeira, mofo, ou ácaros que vivem em tapetes, roupas e lençóis, etc…, mas entendidas temporáriamente por ameaças reais pelo sistema imunitário.O tratamento médico normal para alergias implica tomar descongestionantes e anti-histamínicos. Os descongestionantes abrem e desentopem as fossas nasais, , os anti-histaminicos suprimem a libertação de histamina no corpo.

Descongestionantes e anti-histamínicos funcionam bem para algumas pessoas, mas esta abordagem trata apenas os sintomas das alergias, e não a sua causa, que é uma confusão temporariamente de sistema imunitário. Descongestionantes podem causar insonia e aumentar a pressão arterial, os anti-histaminicos podem causar sonolência. Ambos podem perder a eficácia após algum tempo. Eles podem também promover, de acordo com alguns especialistas, o enfraquecimento do sistema imunitário.

Tratamento Fitoterápico - Natural

Alho e cebola.

São benéficos em virtude das altas concentrações de compostos que retardam reacções inflamatórias. Se você tem alergias, sugiro o aumento generoso destes alimentos. Experimente torradas de alho por exemplo, ou acrescentar alho e cebola a saladas?

Ginkgo (Ginkgo biloba).

O extracto de folhas da árvore ginkgo contém várias substâncias únicas que interferem o normal processo que desencadeia alergias, asma e inflamações. Experimente chá de Ginkgo biloba. Tenha em atenção que grandes quantidades de ginkgo pode causar diarreia e irritabilidade.

Urtigas (Urtica dioica).

Algumas pesquisas mostram que urticáceas podem efectivamente tratar sintomas alérgicos nasais. Na primavera, é comum desenterrar raízes de urtigas para tratar a febre do feno para ajudar a aliviar os sintomas alérgicos. Durante séculos, culturas de todo o mundo têm usado esta erva para tratar dificuldades respiratórias nasais como tosse, secreção nasal, asma, e até mesmo tuberculose.

Camomila (Matricaria recutita).

Aromoterapistas recomendam preparados de camomila para tratar as alergias da pele, como urticaria e prurido. Existem compostos que este erva contém que têm propriedades anti-inflamatórias e anti-alérgicas. Existem também cremes de camomila que contêm óleos essenciais de camomila em muitas lojas de produtos naturais.

A Camomila pode, no entanto desencadear reacções alérgicas. (Casos documentados são extremamente raros.) A primeira vez que se usa camomila, deve usar-se localmente e em pouca quantidade para testar a existência de reacções adversas, nomeadamente comichão…

Vitamina C

Cerca de 40 estudos mostraram que as pessoas que tomaram vitamina C regularmente tinham menos problemas alérgicos, infecções respiratórias e asma. A vitamina C é um poderoso anti-histaminico natural sem efeitos secundários conhecidos, excepto diarreia (se tomado em grandes quantidades). Algumas pessoas desenvolveram diarreia após tomar cerca de 1.200 miligramas de vitamina C um dia, mas são casos bastante raros.

As reações alérgicas produzem histamina como um mecanismo de auto-defesa do organismo.

Seja qual for o anti-histamínico que use, este servirá para reduzir, ou eliminar, os efeitos trazidos pela histamina ao seu corpo, como seja espirros, alergias, etc…Os anti-histamínicos são comummente usados no tratamento de riníte alérgica, conjuntivite alérgica, dermatite de contato, urticária, angioedema e prurido (ex: dermatite atópica e picadas de insetos).

Anti-histaminicos naturais

  • Camomila (Matricaria chamomilla). É rica em propriedades anti-histamínicas. As flores podem ser trituradas e usadas contra edemas inflamatórios. Fazer um chá de Camomilae e beber 2-3 vezes ao dia. A camomila pode causar reações alérgicas em algumas pessoas muito sensíveis. Se isso ocorrer, simplesmente descontinuar o uso.

  • Mamão (Petroselinum crispum). Inibe a secreção de histamina. Suco de mamão pode ser tomado, assim como utilizado em aplicação tópica para difundir um ataque de histamina.

  • Echinacea (Echinacea purpurea). Em chá, remédio, ou ao natural é utilizada para o tratamento de infecções do trato respiratório. A equinácea tem provadas propriedades anti-histamínicas.

  • Erva-doce (Foeniculum vulgare). Utilizada para a indigestão, espasmos no trato digestivo, bem como a expulsão de catarro dos pulmões. É rico em antioxidantes. A quercetina que é um forte anti-histamínico natural está cientificamente provada ser eficaz contra a histamina. Faça com chá e beber 2-3 vezes por dia.

  • Gengibre (Zingiber officinale). O gengibre funciona bem em reacções alérgicas tais como urticária e pápulas. Corte uma fatia de uma raiz de gengibre e fervê-la em água por 30 minutos. Beber 2 a 3 chávenas por dia. Você pode adicionar o chá para um banho quente. Umedeça um pano de lavagem no chá, uma vez à temperatura ambiente, e usar como uma compressa por cerca de 15m.

  • Reishi (Ganoderma lucidum). Considerado o cogumelo da imortalidade. Pesquisadores japoneses descobriram que age como um nti-histamínico, tornando-o útil para o tratamento de alergias.

  • Tomilho (Thymus). É um anti-histamínico natural, além de ter propriedades anti-sépticas para ajudar a limpar as infecções. O óleo essencial tem sido demonstrado ter uma actividade anti-microbiana contra uma variedade de diferentes tipos de bactérias e fungos.

  • Vitamina C. É um agente anti-histamínico natural, se usado em doses elevadas, em cerca de3.000 mg a 5.000 mg por dia.

  • Oregãos (Origanum vulgare). Tem pelo menos sete diferentes produtos químicos anti-histamínicos, sendo portanto eficaz contra alergias, fungos e infecções.

  • Erva-cidreira (também conhecida como melissa). Tem acção anti-histamínica e é útil para tratar eczema e dor de cabeça.

sábado, 14 de maio de 2011

MEU TRABALHO DIARIO


MEU DIA A DIA

OLA, MEU AMOR, BOM DIA

Esse eu escrevi quando estava vivendo de amores e paixões com C.A.Herklotz

OLA, MEU AMOR, BOM DIA

Gostaria de fazer de seus dias excelentes dias. E acho que posso. Te dando a certeza de que te amo, de que estou aqui e que se estou é porque você existe. Te deixando livre para me amar. Sem dramas e sem remorsos, sem culpas e sem problemas. Simplesmente te amando e sendo amada por você.

Quero te pedir perdão. Perdão por ter usado o meu amor por você para fazer exigências. Perdão por ter usado o seu amor por mim para conseguir vitórias. No fundo as exigências só nos constrangem e as vitórias podem ser derrotas. Me perdoe por ter feito você sofrer tanto e por te colocar em posição de escolha. Eu não quero que você faça escolha alguma. Me perdoe por ter colocado você em posição de perigo. Eu não quero que você se sinta amedrontado. Me perdoe por ter querido que você fosse eu. Eu só quero que você seja você. Me perdoe por ter permitido que esse amor enorme e louco que sinto por você me fizesse perder a razão e a lógica, e me colocasse numa situação tão egoísta. Me perdoe por querer te pedir os presentes que você gostaria de me dar. Me perdoe por não permitir que você ocupe o seu espaço dentro do seu tempo. Cada ser humano tem seu próprio tempo e seu próprio momento. E eu quis interferir no seu momento. Me perdoe por ter ficado tão egoísta em nome do amor que sinto.

Se eu pudesse justificar os meus atos, diria que talvez por uma situação de vida minha, pensei em não deixar mais as minhas coisas irem embora. E eu considero você uma coisa minha. Perdão por ter sido tão burra!

Por favor meu amor, não sofra. Por favor meu amor me ame muito e profundamente, pois é disso que eu preciso. É dessa pureza que você tem, desse carinho imenso que você nem sabe como demonstrar.

Me dê o que você quiser. Me dê só o que você puder. Mas não deixe de me dar. Eu preciso de tudo que vem de você. E é de você que vem o meu ar; É de você que vem minha luz, os meus sonhos e as minhas ilusões. E eu quero continuar tendo tudo isso.

Por favor meu amor, não se torture. Eu sei o que custa a você se separar de mm, pois eu sinto a mesma coisa. E se você preferiu se separar de mim, é porque eu estava fazendo você sofrer demais, mais do que você pode agüentar. E te fazer sofrer assim é uma coisa que eu não agüento.

Me perdoe por te amar tanto e por ter querido o que você não pode. Quando a gente ama, a gente tem que estar junto, mas junto fisicamente e no momento de vida também. Qualquer coisa que não seja isso não dá certo. Não me esqueça, não permita que eu te esqueça. Não me deixe e não permita que eu te deixe, pois o que nós sentimos um pelo outro é muito difícil de se sentir por alguém.

(VLEA-23/08/87)

MULHERES SE ILUDEM

Algumas mais do que as outras. E eu fui uma delas. Isso aconteceu quando eu estava morrendo de amores e paixão por um Zé Qualquer.

Poderia começar a escrever em prosa, ou em verso, para poder te mostrar um lado meu parecido com você. Mas não vou. Vou escrever da forma como meu coração está soltando e meu cérebro está traduzindo os símbolos.
Passei muitos anos. Os últimos 10 pelo menos, me resguardando e cultivando na mente a idéia de que “nada nem ninguém me abala”. E foi assim até você aparecer. Quando estávamos conversando na telinha, você só era mais um neurótico, solitário e carente como muitos(as) outras(as) que não conseguem dormir a noite, que não conseguem ficar sozinhos acordados, que tomam vodkas e usam cameras para conhecerem pessoas, que só se mostram desta forma. E isto também estava bom para mim.
Mas ai, você veio com aquela palavrada de que teclado não é o caso, que incomoda, que você não sabe lidar com ele direito (mentiroooosooo).
E me trouxe sua voz, essa voz que eu não sei explicar como, entrou pelo meu coração direto. Não foi pelo ouvido, pois tem algumas palavras que você fala que movimentam alguns acordes do meu ser. Ou que simplesmente acordaram meu ser. Ou um pedaço do meu ser que estava com sono, querendo dormir por falta de coisa melhor para fazer. E você falou, lamentou, contou, sussurrou, cantou, recitou, me encantou. Como a flauta faz com a cobra: Me fez ir subindo lentamente completamente hipnotizada. Me fez arrumar a sala, contar minutos no relógio que, antes, só andava contando horas de duas em duas para passarem mais depressa, pintou meu cabelo de outra cor, me fez ficar sentada na sala toda arrumada como se você fosse chegar de verdade e me ver bonitinha. Me fez ficar sentada em um shopping, numa Segunda feira, cheia de esperança de você ter coragem de subir no cavalo branco e vir me ver, e que quando você chegasse nós só íamos olhar olho no olho (como você me fez acreditar que seria – pois esse seria o segundo passo) e você me beijaria (segurando minha cabeça. Claro), e ficaríamos abraçados um tempão, até que todas as lembranças de uma época qualquer que nos uniu chegasse toda até nós dois e enfim: sós e unidos para sempre.
Me trouxe de volta a velha crença em coisas, em encantos, em pessoas, em poetas, em homens, em encontros.
Sempre gostei das segundas-feiras. Eram minhas aliadas, pois era dia de poder ficar em casa. Agora acho que são minhas inimigas. Foi numa delas que você entrou na minha telinha pela primeira vez. Foi numa outra que chegou sua voz meio bêbada, confusa, mas linda. Mas também foi numa delas que eu fiquei sentada a tarde toda, de blusa nova cor de vinho igual ao meu cabelo (pra combinar, sabe como é? Coisa de mulher), com um olho que teimava em não ficar bom e em não enxergar direito o que estava acontecendo. Mas lá, sentada e toda arrumadinha crente que você tava a caminho. Quando saí da casa de minha mãe, apesar de estar me sentindo mal pra caramba, fui direto para a guilhotina ficar na ilusão de que você tinha me dito que ia sair para comprar aquele enxoval mas que na verdade estava vindo me ver. E como eu desejava isso. Os meus dois celulares de plantão em cima da mesa, esperando o toque que ia me dizer: onde você está e qual a sua roupa? A ansiedade foi tanta que cheguei a vomitar. Ioiô minha amiga que estava comigo ria de mim, da minha adolescência, do meu estado de bobeira. Mostrei sua foto para todos no consultório. Imprimi seus lindos poemas e coloquei no quadro de avisos para todos lerem. Mulheres se iludem com muita facilidade.
Vi ao longo dos anos pessoas fazendo tratamentos intensivos para se curarem dessa “desilusão” que estou sentindo agora. Dei a elas várias vezes as fórmulas mágicas das curar de amor. Achava que já estava imunizada, pois já tinha tanto tempo que não ficava assim tão doente, e sabia as fórmulas mágicas da cura... Ledo engano meu. Pura ilusão. Mais uma em relação a você.
Nossa, é horrível essa sensação de rejeição, de abandono. A minha tese acerca da paixão não é mais uma tese, é verdade em mim. O estancamento é horrível. Ele aprisiona e tortura. Não consigo dormir direito só porque não falei com você, e não ouvi aquele monte de coisas bobas que você me disse durante tantas (poucas) noites. E tudo por conta de uma meleca de neurose, por uma mala chamada paranóia. Suas, claro.
A arte do desencontro: nos mesmos momentos em que eu estava pensando em te encontrar, abraçar, beijar de língua e tudo – você estava do outro lado da poça pensando que eu estava querendo te checar, analisar, controlar, blablabla. Droga, isso não é encontro, é desencontro. Essas não são almas que se desejam, muito pelo contrário. Esse cara não é o mesmo que escreveu uma tarde de poemas. E o pior de tudo nessa merda de papo, é que eu acreditei mesmo em tudo o que o poeta disse. Mulheres se iludem. E muito. Poetas e homens são pessoas muito interessantes. Mas são pessoas diferentes umas das outras. Poetas enchem nosso ouvido de ilusão, de poesia, de maravilhas. Homens são uns bobos, babacas e chorões que nos fazem sofrer por amor. Eu já sabia disso e mesmo assim caí. No canto e no conto do sereio. De um sereio muuuiito charmoso. E ainda por cima bonito, mandou até a foto. Encantador. Que dividiu comigo até, seu netinho (um dos meus maiores problemas existenciais é o desamor da minha filha e o afastamento que ela me obriga de minhas netas – que são duas e lindas). Até nisso eu acreditei. Até isso você me trouxe de bom.
Mas fez questão de melar tudo. De azedar o vinho. De entornar o caldo. De me fazer chorar, sofrer, me sentir expurgada. Me expulsar, como se expulsa coisas ruins. Fez questão de transformar poesia boa em má. Lembra quando eu te perguntava se você gostava do Augusto dos Anjos? Na verdade eu estava te perguntando se você também era mórbido, sarcástico, existencial e intrinsecamente cruel.
Não fui tua analista, fui tua amante. Em todos os sentidos. Conversava com você deitada na minha cama, de luz apagada, nua, sem roupas e sem “roupagens”. Sonhei com você, desejei você, fiz amor com você de todas a maneiras emocionais, espirituais, físicas e metafísicas. Mulheres de iludem com muita facilidade.
E a última ilusão: pensei que pudesse deixar de falar com você de uma hora pra outra. Ainda não consigo. Não sei quanto tempo vou levar para deixar de precisar de você, da sua voz, das suas ilusões, do seu charme. Não sei quanto tempo vou levar para transformar ferida em cicatriz. Lembra minha teoria sobre cicatrizes? Essa será mais uma que vou esconder de todo mundo, para que não saibam o quanto sofri.
Sinto muito ter sentido tanto. Com tanta intensidade. Com tanta vontade, com tanta emoção. Mas eu sou assim mesmo, completamente passional.
Não telefono mais, para sofrer menos, mas não consigo deixar de te escrever. Assim que eu conseguir, pararei. Escrever é melhor, pois te dá a chance de não ler se não quiser, e eu não fico sabendo. Fico achando que você leu. Já o telefone quando toca e você não atende mesmo sabendo que sou eu, só alimenta minha frustração e aquela sensação horrível de dois pés enormes chutando minha bunda no meio da avenida paulista. E que aumenta toda vez que penso que a única coisa que fiz para merecer um tratamento desses, à base de purgante, é Ter me iludido, te amado, me deixado levar por essa coisa doce e gostosa que você tem, por Ter me apaixonado por você, por Ter lido todos os seus poemas muitas vezes, Ter escutado sua mensagem na minha secretária eletrónica dizendo eu te amo, por Ter deixado entrar em meu coração frases do tipo “é tão bom acordar com a tua voz me dando bom dia”.
Estou sofrendo. Muito. Por amor. Por você.
Que droga, isso é tudo o que eu ensino as pessoas a não fazerem com elas mesmas:
é a antítese triunfo-fracasso.
O certo agora seria eu reler tudo e ver o que tiro ou o que boto no texto. Não tiro nada. Deixo tudo que meu coração sente e minha mente consegue transformar em palavras. O que não consegue ser transformado, só eu vou sentir, sem poder dividir com você. E sei que é uma parte grande e pesada.
Mas nem tudo é tão ruim assim. Por você, fiz de novo versinhos e poemas. Escutei músicas antigas, Lembrei de mim. Do quanto sou bonita, inteligente, bem humorada. Não estava fazendo essas coisas só por mim, como é o certo e como deveríamos todos fazer. Mas isso também foi bom. Você me mostrou que ainda sou capaz de fazer coisas por alguém, não com o sentido filantrópico do “por alguém”, mas pelo puro egoísmo do amor, da paixão, do bem estar pessoal, do se sentir querida e bem vinda.
Eu sou uma médica mesmo, lido com pessoas, faço análises e psicanálises, mas você não sabia que o analista ou o terapeuta sempre tem que ter alguém que faça o mesmo com ele? Só que o terapeuta do analista não pode ser um terapeuta, tem que ser o amor. Lembra quando te digo que do mar só gosto do pescador? Pensei que você era o MEU PESCADOR. Você assinou o poema Tes, com TE AMO. Tenho mania de falar por metáforas, mas falo. E pra você, só falei coisas boas e doces. Meleca, porque você fez isso comigo? Viu como eu fiquei? Chata, chorona, cheia de cobranças e reclamações. Parecida com todas as pessoas que te amaram e que de alguma forma precisaram te cobrar coisas. Que droga...Pena que não deu certo. Assinado Sua Verovska (sua porque mais ninguém me chama assim, e porque eu gostaria mesmo de ser sua)
Interessante, escrevi isto e não coloquei data. Mas hoje, 10/10/07 estou relendo. E chegando à conclusão de que você conseguiu tudo. Me cantou, me encantou e me desencantou. Tudo com a mesma intensidade.

quarta-feira, 11 de maio de 2011

COISAS DO HENFIL

Mande seu carisma circular um pouco

Então as pessoas se tornam incompetentes porque não são Michelangelo. Então as escolas estão montadas para promover a incompetência das pessoas. Ou seja, ensinam a copiar outras pessoas. Aí todo mundo desiste. E para mudar isso só assinando a carta da ONU.

Estas pessoas que, de repente, desistem de ter aulas, largam a escola, passam a não aceitar nenhum tipo de ensinamento (ou seja: como copiar os outros), estas pessoas são vistas pelo sistema como artistas, como marginais, e aí, se ficam famosas, passam até a dar aulas, como está sendo o meu caso. Eu recusei a escola, nunca aprendi nada. Isto é, nas escolas eu vivia as coisas, não a escola. Mantive a minha individualidade. Na medida que você mantém a sua individualidade, você é um artista, porque para manter a individualidade numa sociedade de massa e alienação, você tem que ser artista. O artista é exatamente isso, o cara que consegue manter a sua individualidade, sua personalidade em qualquer setor. Daí para frente ele tem a maré contra, que obriga que ele faça um esforço muito grande.

Outra coisa que tem que desmistificar é essa de carisma. Quanto mais as pessoas desenvolverem seu potencial, menos carismáticos vão existir. No momento em todo mundo comece a jogar bola melhor, o carisma do Pelé já diminui. E a projeção de alguém não é só uma questão de maior talento. A projeção deve também a uma coragem maior de se colocar. Eu, por exemplo, quando fui dar aula lá no SESC, não sabia direito o que ia falar. O carisma ta aí. O meu carisma ta diminuindo lá dentro. Ou seja, mais gente ta falando junto. Inclusive ta acontecendo uma coisa engraçada. Alguns caras já levantam e falam ali do meu lado. Antes estavam lá atrás me olhando de frente, agora estão de frente pra turma, exercendo o seu carisma.

Tem que botar o carisma pra circular. Mudar de posição. Esta situação de carisma tem um peso muito grande pra quem quer ficar com ela. O negócio é botar os outros para ter carisma junto com você. Senão ninguém agüenta. Passarinho que come pedra sabe o que lhe advém. A pessoa que aceita um papel carismático vai para a solidão, a mais solitária e tenebrosa solidão.


SERÁ ESSE MEU DIÁRIO?

Não sei bem como lidar com diários..... Nunca tive um. Mas tive várias vontades de escrever livros....o primeiro foi um romance maluco de um casal que se encontrava por acaso e por acidente, e tudo ia sempre mal entre os dois...depois achei que poderia fazer um romance sobre todos os romances que eu tive....(quas quas quas quas quas). Quando estava tendo crises diárias de pânico, usava minha agenda de trabalho para fazer anotações sobre os sintomas para depois estudar melhor o assunto....e ficou só na agenda. E agora isso aqui.
Será que esse blog vai ter a conotação de diário? Então vou er que ir escrevendo devagarzinho, na medida dos acontecimentos.
Talvez seja melhor que esse blog seja um "espelho contemporâneo". Vou olhando pra traz e para frente através desse espelho, e quem sabe dá uma coisa legal?
Posso por exemplo contar "causos" clínicos, sem citar nomes, claro - essa foi a sugestão de uma paciente dessa semana no meu consultório. Ela mesma já é um causo....mas fico receosa de usar o sofrimento de alguém para divertir o outro...divertir sim pois quando estamos lendo sobre tombos, fraturas, video-cassetadas, sempre estamos rindo - o sofrimento do outro é sempre uma forma de desforra.
Também posso colocar aqui as poesias que já escrevi, os contos que já contei, as mensagens que já mandei, os amores que já amei, as dores que já sarei. Os livros que já li (caraca, não vai sobrar espaço pra mais nada) os filmes que já vi, as fotos que admirei. As viagens que fiz - a foram muitas. Tanto as físicas como as astrais. Enfim, ainda não sei o que escrever nesse blog, além claro da minha insatisfação por ter sido rejeitada no site de relacionamento. Mas vou treinando todo dia.
Se eu vier a descobrir que alguém, além de mim, está lendo essa paranoia toda.....aí sim vou ter vontade de escrever mais.

terça-feira, 10 de maio de 2011

MOLÉCULA DA ÁGUA

Molécula da água
MASARU EMOTO, CIENTISTA JAPONÊS, DEMONSTROU COMO O EFEITO DE DETERMINADOS SONS, PALAVRAS, PENSAMENTOS, SENTIMENTOS ALTERAM A ESTRUTURA MOLECULAR DA ÁGUA.A TÉCNICA CONSISTE EM EXPOR A ÁGUA A ESSES AGENTES, CONGELÁ-LA E DEPOIS FOTOGRAFAR OS CRISTAIS QUE SE FORMAM COM O CONGELAMENTO.


1 - MOLÉCULA DE ÁGUA NO MOMENTO DE SEU “NASCIMENTO” OU SEJA, NA SAÍDA DA NASCENTE.
2 - O DR. EMOTO COLOCOU ÁGUA ENTRE DOIS ALTO-FALANTES QUE EMITIAM O SOM DE UMA ORAÇÃO E, APÓS ALGUM TEMPO, CONGELOU A ÁGUA
E FOTOGRAFOU OS CRISTAIS QUE SE FORMARAM.
3 - MOLÉCULA DE ÁGUA EXPOSTA AO SOM DE UM “MUITO OBRIGADO”
4 - AMOR E ADMIRAÇÃO.

domingo, 8 de maio de 2011

A MINHA SOCIALIZAÇÃO

O SITE ME DESCREVEU ASIM:

Você é melhor descrito como:
GERALMENTE CUIDANDO DOS OUTROS

Palavras que o(a) descrevem:
  • Compreensivo
  • Não questionador
  • Humano
  • Generoso
  • Gentil
  • Bondoso
  • Crédulo
  • Indulgente
Uma decrição geral de como você interage com os outros

Eis uma verdade importante sobre você: você tem um bom coração. Sim, você sabe que
as pessoas precisam cuidar de si mesmos. Sim, você sabe que eles precisam aceitar as consequências de suas tolices ou de seu mau comportamento.
Algumas vezes, mesmo quando seu instinto é ajudá-las, você deixará que eles cuidem de si mesmos e deixará que sofram as consequências de
suas escolhas ou das circunstâncias.


Mas na maior parte das vezes, você estará lá para ajudar quando precisarem de você. Se eles tiverem problemas, você oferecerá a sua compaixão e sairá de seu caminho
para ajudar. Se eles precisarem de alguém que os ouça, você será confiável e solidário. Você é direto com eles. Quando eles precisam
de conselhos, você os oferece de forma direta.



E EU QUE ACHAVA QUE AGIR ASSIM ERA A FORMA NORMAL DE TODO MUNDO....mas o site não achou ninguem compatível comigo....onde foi que eu me equivoquei?


FUI REJEITADA PELO SITE DE RELACIONAMENTO

Participei semana passada de um teste de personalidade voltado para o encontro da minha alma gêmea.....e pasmem: fui rejeitada. Sabe porque? Porque sou boazinha demais....Meu Deus, onde foi que eu cheguei? Todas as análises sobre meu comportamento, modo de ser, características principais NÃO SÃO COMPATÍVEIS COM NENHUMA PESSOA INSCRITA NO SITE.

Fiquei muito complicada na situação...será que eu sou mesmo desse mundo? Fui jogada por uma nave ET no planeta terra? Me distanciei demais dos meus semelhantes terráqueos? Onde foi que eu errei?

A mensagem que recebi do site é a seguinte:

Lamentamos muito, mas nosso sistema não conseguiu encontrar pares de qualidade para você.

Isso acontece pela maneira como a base de pesquisa de nosso sistema de compatibilidade foi construída e de maneira nenhuma reflete sua personalidade ou sua capacidade de ser feliz em um relacionamento.

Entretanto, o tempo investido completando nosso questionário permitiu com que conseguíssemos preparar seu Estudo de Personalidade. Esperamos que você ache a informação valiosa. Obrigado por considerar a eHarmony. Nos desculpamos novamente e lamentamos a nossa incapacidade de encontrar pares de qualidade para você. Desejamos os melhores votos na sua busca por alguém especial.


A minha frustração foi tão grandem que resolvi escrever neste blog...tudo que o site diz a meu respeito, e ir comparando com meu dia a dia pra ver se eles estão certos, ou se eu estou errada. spero que vocês me acompanhem nesta dura tarefa de me "re-conhecer".